Tendo presente a actual pandemia provocada por COVID-19 o Governo Grego acaba de anunciar o prolongamento das restrições na circulação de pessoas no território grego. As novas medidas restritivas mantêm-se em vigor até segunda-feira, 29 de março de 2021.

Está em vigor proibição de circulação, exceto de/para trabalho (com licença especial a ser emitida pela entidade patronal), acompanhamento de crianças de/para escola e casos de emergência.

No mesmo período, é proibida a circulação entre concelhos. Os museus e cinemas estão encerrados. Os sítios arqueológicos estão abertos apenas para moradores do respetivo concelho e mediante acesso altamente condicionado.

Verifique antes de viajar se a sua unidade hoteleira garante a sua estadia. Não poderá sair para fora do Hotel ou residência na Grécia.

Viagens para a Grécia

Em caso de viagem para a Grécia e independentemente da fronteira (aérea ou terrestre), qualquer viajante tem que trazer consigo um teste PCR COVID-19 negativo, realizado no máximo até 72 horas antes da viagem (recomendamos até 48 horas).

O Governo Grego determinou igualmente que todos os viajantes que desejem viajar para a Grécia devem preencher o formulário de localização de passageiros (PLF – Passenger Location Form) que se encontra disponível no plataforma https://travel.gov.gr.

Todos os viajantes são obrigados a preencher e enviar o seu PLF com, pelo menos, 24 horas de antecedência antes de entrar no país. Deverão fornecer informações detalhadas sobre seu ponto de partida, a duração das estadias anteriores noutros países e o endereço da sua estadia na Grécia. Sem o PLF não será possível viajar ou entrar na Grécia. Um novo PLF será igualmente necessário para todos os passageiros a fim de sair da Grécia.

No que diz respeito às chegadas à Grécia, foi decidido pelo Governo Grego que, até 5 de abril de 2021, quem quiser regressar/viajar à Grécia, a partir do estrangeiro deverá ficar em quarentena preventiva de 7 dias após a chegada no local indicado no PLF (Passenger Locator Form).

Circulação de pessoas na Grécia

- Proibição de circulação entre distritos; de circulação de pessoas entre 21h00 e 05h00; de agrupamentos/ajuntamentos;

- Na Grande Atenas (região de Ática) e Salónica:

- Encerramento do comércio a retalho no fim-de-semana.

A circulação das pessoas será permitida após aprovação de requerimento especial (dirigido por SMS ao número de telefone 13033) apenas para seis motivos/razões:

1. Saúde (ida a farmácia, consulta médica ou a hospital/clínica);

2. Supermercado;

3. Serviço público (com agendamento) / banco desde que utente não possa ser atendido por via eletrónica;

4. Prestação de assistência a pessoas;

5. Evento social (casamento, batismo, funeral);

6. Exercício ou passeio com animal de companhia.

As autoridades helénicas desaconselharam, devido à presente grave situação epidemiológica, qualquer circulação desnecessária, enquanto foi acentuado que haverá controlo estrito pelas forças de segurança.

De destacar ainda as seguintes medidas:

Uso obrigatório de máscara tanto nos espaços internos/fechados, como nos espaços exteriores/abertos;

Proibição de entrada nos transportes públicos sem uso de máscara;

Suspensão da atividade do comércio, exceto supermercados, minimercados, quiosques, lojas óticas, farmácias, clínicas/laboratórios médicos, bombas de gasolina;

Encerramento do ensino secundário e continuação remota das aulas (operação normal/presencial do ensino pré-escolar e ensino primário);

Suspensão da atividade dos cafés, bares e restaurantes (exceto take away e delivery) e dos clubes noturnos e de divertimento;

Suspensão da atividade de cinemas e teatros;

Proibição de realização de feiras/conferências e outros eventos;

Suspensão da atividade de ginásios;

Suspensão de qualquer atividade desportiva

Obrigatoriedade de ensino remoto nas universidades (exceto provas clínicas e laboratórios de estudantes do último ano da licenciatura);

Proibição das visitas a lares de idosos e de previdência social.

  • Partilhe